Correntes de Veneno e Caos – Excerto do 1o Capítulo

— Eu tinha esquecido como essa porra de prédio é feia. — “Joia da arquitetura modernista brasileira”. — Feio pra caralho. — Você beija a sua mãe com essa boca? — Não, beijo a sua! Ele me abraça apertado. — Ai, irmã, sua louca, eu estava com saudades! — Eu me afasto e retribuo o … Continuar lendo Correntes de Veneno e Caos – Excerto do 1o Capítulo